Folha do ES
Ter, 15 de Out

Home   Esporte     Brasil


Grito homofóbico nos estádios pode custar três pontos para o clube

Grito homofóbico nos estádios pode custar três pontos para o clube

A determinação foi dada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva

  Por Redação

  22.agosto.2019 às 14:54

O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) determinou nesta segunda (19) que atitudes homofóbicas em estádios, como o grito de "bicha" no tiro de meta, são passíveis de punição e podem custar três pontos na tabela.

O texto enviado aos clubes tem nome de recomendação do STJD, mas o conteúdo tem tom de aviso. Os árbitros e assistentes também foram mencionados e incentivados a agirem em casos de preconceito.

A punição prevista para o caso de gritos homofóbicos de torcedores é de perda de três pontos. Reincidência tem pena dobrada.

O procurador-geral acrescenta que além da súmula, ações podem ser abertas se outros meios ou agentes comprovarem preconceito praticado em estádios brasileiros.

A recomendação que pune a homofobia é uma reação do STJD à pressão da Fifa e a uma decisão dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal).

Tantos que a recomendação cita quatro motivos para a adoção de punições à homofobia, três deles vinculados a estas duas instituições.


Fonte: G1

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo do Leia-se para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Leia-se. Todos os direitos reservados.