Folha do ES
Ter, 15 de Out

Home   Geral     Brasil


Cuidados ao usar suas lentes de contato

Cuidados ao usar suas lentes de contato

Apesar da praticidade, usar lentes de contato direto pode causar infecção na córnea e até levar à cegueira

  Por Redação

  22.agosto.2019 às 13:56Atualizado em 22.agosto.2019 às 14:12

Os problemas de visão afetam uma grande parte da população mundial e a proximidade com a perfeição somada à não adaptação aos óculos, faz das lentes de contato um item bastante popular.

Contudo, o uso regular de lentes de contato não as isenta de desconforto no momento de removê-las ou recolocá-las e não é incomum que as pessoas não as retirem enquanto tomam banho – sejam eles de chuveiro, piscina ou mar – e também durante

o sono. Porém, se você está entre estas pessoas, deverá alterar rapidamente os seus hábitos.

A revista Popular Science reportou que uma mulher de 41 anos do Reino Unido perdeu a visão do olho esquerdo. O motivo? Banhos e natação frequentes sem retirar as lentes de contacto. O ‘vilão’ foi um protozoário chamado Acanthamoeba polyphaga que rastejou para o olho provocando uma infeção na córnea, a ceratite.

Depois de dois meses de dor, visão turva e sensibilidade à luz, a mulher dirigiu-se ao Manchester Royal Eye Hospital, onde os médicos encontraram uma forma de anel no olho esquerdo e uma camada nebulosa que cobria a córnea. Após testes de visão, o diagnóstico foi de um olho esquerdo com visão 20/200. Nos Estados Unidos esse resultado significa cegueira total.

De acordo com Leela Raju, oftalmologista especialista em córnea da New York Univesity, organismos unicelulares “podem estar em qualquer lugar”, o que inclui piscinas, banheiras, chuveiros, recipientes sujos de solução salina e até mesmo na água da torneira. Para os especialistas, a facilidade que a ameba tem de se prender a uma lente de contato explica porque os usuários respondem a 85% de infectados.

Segundo a Popular Science, a ceratite por Acanthamoeba afeta apenas uma ou duas pessoas em cada milhão de portadores de lente de contato, mas os infectados, em geral, necessitam de transplantes de córnea, o que não garante a restauração completa da visão.

Raju destaca que “é um longo caminho para algo totalmente evitável”. Entre as dicas de prevenção estão a remoção das lentes antes do contato quando tomar banho e para dormir, além de evitar reutilizar a solução salina e higienizar o estojo das lentes.


Fonte: G1

Comentários Facebook


Facebook


Newsletter


Inscreva-se no boletim informativo do Leia-se para obter suas atualizações e novidades semanais diretamente em seu e-mail.

© 2019 Leia-se. Todos os direitos reservados.